CLIQUE AQUI PARA EXPANDIR
  Saúde

Campanha de vacinação contra a gripe começa dia 23 de abril

Dia Nacional de Mobilização está marcado para o dia 12 de maio e a campanha vai até 1º de junho

Por Eduardo Schneider
10/04/2018 11:03
 

Foto: Arquivo/Palácio Piratini

Dia 23 de abril. Esta é a data para começar a campanha nacional vacinação contra a gripe.

Conforme a Secretaria Estadual da Saúde, o início da campanha seria antes do dia 23, mas teve de ser adiado, devido ao atraso na chegada das doses. O secretário João Gabbardo dos Reis explicou também que um dos motivos para o atraso é justamente a atualização das doses.

A campanha deve seguir até o dia 1º de junho. O Dia Nacional de Mobilização está previsto para o dia 12 de maio.

A Secretaria Estadual da Saúde estima que são 6,6 milhões de gaúchos incluídos nos grupos prioritários, mas a meta é vacinar 90% deste total, o que corresponde a 5,9 milhões de pessoas.


Caçapava do Sul

A chefe do setor de Vigilância Epidemiológica, Sandra Bairros, confirmou o início da campanha em Caçapava para o dia 23 de abril, no entanto informou que o município ainda não recebeu as doses. Os grupos prioritários para a vacinação são:

- Crianças de 6 meses a menores de 5 anos;
- Gestantes (com a devida identificação, por exemplo, teste de gravidez);
- Puérperas (Mulheres 45 dias após o parto);
- Trabalhadores da Saúde (com a devida identificação);
- Professores;
- Povos Indígenas;
- Pessoas com 60 anos ou mais;
- População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;
- Portadores de doenças crônicas (OBS:. É obrigatório apresentação de prescrição médica solicitando a vacina e o motivo da indicação).


Onde se vacinar

A Secretaria da Saúde explica que se a pessoa faz parte do grupo prioritário, deve procurar a unidade de saúde mais próxima de casa para fazer a vacina. Quem mora no centro, interior ou em área que não é de algum ESF, deve ir a Policlínica.


H1N1

Um caso de Influenza A H1N1 foi confirmado em São Gabriel. A doença foi diagnosticada nesta semana em uma criança de três anos.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Caçapava do Sul, não há casos confirmados no município neste ano, mas a Secretaria está em alerta e o medicamento Tamiflu que é usado para combater o H1N1, já está disponível na Farmácia Central e na Farmácia do Hospital Dr. Victor Lang.


Por Eduardo Schneider

Farrapo